Exclusivo | Cora voa livre no clipe inédito de “Calandria”

20/04/2017

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: Walter Toms/Divulgação

20/04/2017

Unidas por uma identificação de timbres e sentimentos, as curitibanas Kaila Pelisser e Katherine Finn Zander (a Katze) formam a Cora, um experimento em forma de banda.

Hoje, lançamos com exclusividade o clipe de “Calandria”, o primeiro single do EP Não Vai ter Cora previsto para ser lançado até o fim de abril. Produzido pela Rasputines Estúdio, o vídeo mostra um olhar onírico sobre a skatista Yndiara Asp e a própria dupla, que surge em meio a rochas e o mar (assista abaixo).

*

O EP está prestes a sair em uma parceria do selo Honey Bomb Records (Caxias do Sul/RS), PWR Records (Recife/PE) e Coletivo Atlas (Curitiba/PR), mas seu processo desde a gravação não foi fácil, como a banda comenta:

– Esse EP fala de uma época e todo um repertório de sentimentos e percepções que já passaram faz um tempo. Tem coisas muito importantes que aprendemos no processo de gravar, que levou quatro anos. Por isso toda essa coisa de “Não vai ter Cora!”. Em vários momentos achamos que tudo ia se dissolver e não ia dar certo. Até porque todas as formações da banda até hoje refletem isso, mudanças de sentimento, comportamento e vontades e o que sobra depois que toda a instabilidade vai se acalmando. Tem coisas que estão presentes nas músicas que ajudaram a gente a superar situações, traumas. Tocando aquilo e repetindo aquelas palavras fez a gente ver de outra forma. Então, dá pra esperar um disco que é deliberadamente uma entrega para as pessoas das histórias que a gente viveu em todo esse tempo – explicam Kaila e Katze em conjunto.

Com membros flutuantes ao redor da dupla, que compõe, canta e toca guitarra, a Cora existe oficialmente desde 2013, mas as bases do grupo remontam a 2011. “A gente descobriu a empolgação em comum porque o Warpaint estava vindo fazer show aqui no Brasil, aí começamos a arriscar uns covers diversos. Disso veio a banda, também de uma necessidade de fazer um som que envolvesse mulheres porque esse era o cenário, o universo feminino”, conta a dupla. “Identificações tanto emocionais quanto musicais fizeram a gente começar a querer fazer música juntas. Unimos o que sentíamos em comum, os dramas da vida, com a vontade de fazer música, que é o que acontece quando só ouvir música já não é suficiente”, explicam.

Como não podia deixar de ser, a relação artística e profissional entre Kaila e Katze interferiu no vínculo de amizade que já havia entre elas. Mas não que isso seja ruim:

– A banda faz a gente ser muito mais transparente e honesta uma com a outra porque faz a amizade funcionar num nível de trabalho também. Apesar disso gerar também algum desgaste – porque trabalhar junto nunca é fácil e as coisas da banda influenciam no dia a dia da amizade e vice-versa -, a profundidade que a relação ganhou, de uma conseguir entender e ser tolerante com as coisas da outra, só se consegue num role assim, de soma e de objetivos comuns.

No próximo domingo, acontece o show de lançamento do EP Não Vai Ter Cora em Curitiba, onde a banda dividirá o palco com a Veenstra. Confira o serviço abaixo:

Cora e Veenstra
Quando? 23/4
Que horas? Das 16h30 às 22h00
Onde? Academia Espaço Holístico Paramita (Rua Paulo Graeser Sobrinho, 1026. Curitiba/PR)

Tags:, , , , , , , ,

20/04/2017

Jornalismo, música, astrologia, fotografia, vinil, tarot, direitos humanos, mitologias, fogueiras e a arte do bem-viver me interessam.
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes