O Sonho da Vírgula | Cassiano Ricardo na música de Secos & Molhados

10/01/2017

Powered by WP Bannerize

Lucas Krüger

Por: Lucas Krüger

Fotos: Divulgação

10/01/2017

Secos & Molhados mereceria um extenso escrito apenas para relacionar suas transposições de poemas, dos mais variados poetas, para uma versão musicada. Dentre os poetas que estes cancionaram, encontram-se Fernando Pessoa, Julio Cortázar, Oswald de Andrade, Vinicius de Moraes, Manuel Bandeira e muitos outros. Afinal, transformar poesia em canção era um dos eixos principais do grupo. Mas, nesta coluna inaugural de 2017, a proposta é resgatar do esquecimento um dos maiores poetas do Brasil. Farei uma breve apresentação de Cassiano Ricardo, que será seguida de 3 poemas seus e as respectivas versões de Secos & Molhados.

Cassiano Ricardo nasceu em São José dos Campos, viveu entre 1895 e 1974. Foi ensaísta, jornalista e poeta, com uma obra em constante movimento, seus poemas transitaram pelo parnasianismo, simbolismo, modernismo até chegar a aproximação com a poesia concreta. Claro, isso são definições estanques, sua poesia tem sua marca de singularidade, mesmo dentre todos os diferentes flertes estilísticos que poetou ao longo de sua extensa obra, com mais de 20 livros de arte poética. Membro da Academia Brasileira de Letras, Cassiano Ricardo foi vencedor de dois prêmios Jabuti, ocupou diversos cargos públicos e era voz ativa entre os poetas em todas as décadas em que permaneceu produzindo.

É difícil destacar temáticas de um autor que buscava sempre retratar a essência do que quer que fosse. Mas, talvez, seja possível ressaltar sua dedicação para com os temas da natureza, seja em relação a sua beleza ou o que envolve sua conservação e não destruição pelos avanços industriais, além de num primeiro momento de sua obra haver uma maior dedicação ao folclore e temas mitológicos. Mais ao final da vida, Cassiano estava mais preocupado esteticamente em experimentações sobre como ligar os sentidos da palavra, sua forma e sua disposição na página, fazendo com que a visualidade possuísse, também, valor poético.

Os 3 poemas musicados pelos Secos & Molhados são do último livro de Cassiano, Os Sobreviventes (1971). ”Prece cósmica” e ”As andorinhas”(o nome do poema original é ”As andorinhas de Antônio Nobre”) fazem parte do primeiro disco do grupo, lançado em 1973, enquanto ”Cobra-coral-indiana” é do disco de 1978, que já não contava mais com os músicos da formação original da banda, apenas João Ricardo. A versão musicada deste último conserva apenas a parte 1 do poema, mas aqui reproduzo-o de forma completa. Desejo que o grande poeta volte a ser lido!

Abaixo, os poemas e suas versões musicadas:

Captura de Tela 2017-01-09 às 16.34.32

poemasonho

Lucas Krüger é psicólogo, psicanalista e poeta, autor do livro O sonho da vírgula (2015): www.lucaskruger.com | arteseecos@lucaskruger.com

Tags:, , , , , , , , , , , , ,

10/01/2017

Na psicanálise e na poesia, respirar a metáfora máxima.
Lucas Krüger

Lucas Krüger