Exclusivo | Molotov e magia no clipe de “Novela das Seis” de Estrela Leminski e Téo Ruiz

03/07/2017

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: Janete Anderman/Divulgação

03/07/2017

Dando sequência ao projeto audiovisual do álbum Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor, a dupla Estrela Leminski e Téo Ruiz lança com exclusividade na NOIZE o vídeo de “Novela das Seis”.

O vídeo que você assiste abaixo é o fruto de laços de afinidade artística, mas, mais do que tudo, fruto de laços familiares. Seu diretor, Gustavo Guimarães é um amigo de infância de Estrela, que, por sua vez, é casada com Téo, que, por sua vez, é irmão da Guta Ruiz, a atriz que protagoniza o clipe de “Novela das Seis”.

“Somos família e artistas e temos um compromisso com o coletivo que é o real sentido da palavra ‘política'”, explica Téo Ruiz. O músico diz ainda que fazer esse material ao lado de sua irmã foi um momento emocionante:

– Claro que já tinha visto muitas coisas que ela fez, como o filme Bruna Surfistinha, a mini-série Alice e várias peças de teatro. Mas como eu não sou ator e nem diretor, nunca tinha tido a oportunidade de estar com ela em um set. Ela se transforma quando ouve a palavra “ação”, fica completamente a serviço da personagem, e isso se traduz nas imagens. Foi muito especial vivenciar isso com a minha irmã.

Téo Ruiz e Estrela Leminski (Foto: Janete Anderman/Divulgação)

Produzida por Marcelo Fruet, “Novela das Seis”, é a música mais política e crítica de Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor, conforme Téo. “Fala de um sentimento de impotência frente à toda intolerância que vivemos, retrocesssos e tudo mais. É como se não tivéssemos mais saída a não ser assistir a novela das seis mesmo, o que em si já carrega muitas outras reflexões implícitas. Fala da falta de lógica na realidade e como parte da grande imprensa deturpa os fatos de acordo com seu interesse”, comenta o músico. “Para o clipe, o Gustavo traduziu tudo isso contando a história de uma mulher que perde a família em uma espécie de protesto, no qual ela era a principal articuladora. Revela o sentimento de impotência dessa pessoa de ter perdido seus entes queridos por uma causa, uma ideologia, o que também causou sua cegueira”.

A atmosfera monocromática do clipe leva o espectador a um mundo onde não são claras as fronteiras entre o que é real e o que não é. “A referencia foram filmes de terror japoneses e da diretora Maya Deren. A maneira de traduzir essa impotência e essa intolerância tinha que ter uma dose de terror”, diz Téo.

– A cena da magia seguida dos coquetéis molotov representa uma preparação extrema, um plano dos três de gritar contra essa intolerância através de um ato político, que foi justamente o que custou a vida do casal e a visão da mulher. O clipe de “Uso da Palavra” [que também foi dirigido por Gustavo Guimarães e será lançado dia 22/7] é um desdobramento da história, está dentro de “Novela das Seis”. Os dois juntos são praticamente um curta metragem, que representam bem o nome do disco e a nossa necessidade atual de escancarar todos os assuntos, tão mais emergentes do que o amor romântico clichê.

Tudo Que Não Quero Falar Sobre Amor será lançado em setembro em data a ser definida. Assista abaixo ao clipe de “Novela das Seis”:

Tags:, , , , , ,

03/07/2017

Entre o bemol e o sustenido.
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes