Mixtape Rebonjour | Vol. 24 Planetas | Parte VIII: Netuno

27/06/2016

Powered by WP Bannerize

Lucas Moesch

Por: Lucas Moesch

Fotos: NASA/Reprodução

27/06/2016

Rebonjour é um processo de autoconhecimento/moldura. É olhar para si mesmo. Rever o que passou. Sentir e interpretar musicalmente o todo. É se permitir embarcar na viagem pessoal de outra pessoa e encontrar/entender que estamos todos conectados. E a musica é o nosso encontro. Toda a última sexta-feira do mês um novo espaço. Um novo limite.

Venha compartilhar do invisível no mundo do sensível.

Rebonjour – Vol. 24 Planetas | Parte VIII: Netuno

Celebrando 2 anos de Rebonjour na NOIZE, chegamos até à última parte da nossa viagem. Nosso último planeta.

Netuno é o oitavo planeta e o mais distante do Sol no Sistema Solar. É o quarto maior planeta em diâmetro e o terceiro maior em massa. Entre os planetas gigantes do Sistema Solar, Netuno é o mais denso. Netuno não é visível a olho nu e é o único planeta do Sistema Solar encontrado pela previsão matemática e não por observação empírica.

Observando agora a Grande Mancha Escura – em forma elipticamente escura (com dimensões iniciais de 13.000 × 6.600 km, ou 8.100 × 4.100 mi) -, vemos como ela tem aproximadamente o mesmo tamanho da Terra. Em torno dela, os ventos foram medidos soprando até 2.400 quilômetros por hora.

Estamos agora em condições de retorno à Terra. Vamos esperar que os ventos daqui nos ajudem na viagem de retorno.

Uma mixtape ventosa.

//

Tracklist:

Vacuum Templi – La Caduta e La Fine Del Viaggio
Deux Filles – She Slides
ESG – UFO
Ryo Fukui – Early Summer
Mark Pritchard – Under The Sun
Shigeto – Pulse
Caribou – Irene
James Blake – Modern Soul
Jonwayne – Andrew
Peter Inspirescu – Tulip En
Klaus – Nepp
Uchu Tanjyo – Susumu Yokota
Giuseppe Ielasi – AIX
Karen Gwyer – Waukon
Te Lapa – Phosphorus
Nini Raviolette – Suis- Je Normale
Robert Wyatt – Pigs
Donald Byrd – Cristo Redentor
PJ Harvey – When Under Ether
Conrad Schnitzler & Borngraber & Struver – Con-Struct 2

//

Tags:, , ,

27/06/2016

Nunca estive lá. Por ser um arquiteto do nada.
Lucas Moesch

Lucas Moesch