Mais uma! Coreia do Sul inaugura fábrica de discos de vinil de alta qualidade

12/07/2017

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: Reprodução

12/07/2017

Treze anos atrás, em 2004, a Coreia do Sul parou oficialmente de fabricar discos de vinil, quando a fábrica da Seorabul Record fechou. Agora, a gravadora Machang Music and Pictures rompeu esse hiato ao inaugurar uma nova planta industrial de prensagem em Seongsu-dong, região próxima à capital Seoul.

O primeiro vinil de Liniker e Os Caramelows está sendo lançado pelo NOIZE Record Club. Corra aqui e não fique sem o seu!

*

A fábrica conta com duas prensas capazes de produzir cerca de 1000 discos por dia. O primeiro lançamento fabricado lá é o disco As a Tree, do músico sul-coreano Jo Dong-jin (caso você se interesse, ouça abaixo). Já estão planejados lançamentos do Chet Baker and Bill Evans Trio e de vários outros artistas locais.

A linha de produção da Machang Music and Pictures apresenta um projeto verticalmente integrado, que inclui máquinas para fazer o Corte de Acetato (quando o som é gravado nos sulcos de um disco que servirá de molde para o resto da produção) nos próprios estúdios de gravação da empresa.

Estima-se que o mercado do vinil na Coreia do Sul gire em torno de Us$ 9 milhôes, tendo contado com 280.000 discos de vinil vendidos em 2016. Segundo levantamento do site Universo do Vinil, existem apenas 69 fábricas do tipo em atividade no mundo todo.

Veja abaixo um vídeo feito pelo The Korea Times que mostra o interior da nova fábrica:

Tags:, , , , , , , ,

12/07/2017

Jornalismo, música, astrologia, fotografia, vinil, tarot, direitos humanos, mitologias, fogueiras e a arte do bem-viver me interessam.
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes