Rael volta às origens e faz show surpresa na calçada do centro de SP

25/10/2017

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: NOIZE

25/10/2017

Rael é um músico que emergiu das ruas.

Desde criança, quando era dançarino de break, ele tem a manha de se apresentar nas calçadas. Depois, quando o rap tomou conta da sua vida, rimar pelas ruas afora era parte da rotina normal dele. Anos depois, na época em que era do Pentágono, foi essa sabedoria que lhe garantiu seus primeiros euros, como o Rael conta abaixo:

*

– Na primeira vez em que sai do país, fui pra França, era 2008. Cheguei lá e os moleques [do Pentágono] tinham uns poucos euros, mas todo mundo tinha dinheiro. Eu não tinha porra nenhuma. Não pagando de coitado nem nada, mas aí eu falei: “Mano, tô aqui com o violão, vou lá tocar na torre [Eiffel, em Paris]”! Aí fiquei lá, toquei uns Jorge Ben, umas rimas minhas, quando vi já fizeram uma grande roda e, eu tava com o bonézinho, e já meti o chapéuzão mesmo. Em uma hora, fiz 90 euros. Se você se entregar e dialogar com o instrumento, ter intimidade com ele, você pode ganhar o mundo – diz.

Quase dez anos depois disso, Rael hoje está lançando em vinil o seu álbum mais recente, Coisas Do Meu Imaginário, no NOIZE Record Club. Indicado ao Grammy Latino e vencedor do 28º Prêmio da Música Brasileira, esse disco registra Rael em um ponto ímpar de sua carreira, quando se tornou capaz de dominar como nunca o seu canto e o seu violão.

Aproveitamos o gancho para levar ele de volta às calçadas, dessa vez do centro de São Paulo, para divulgar seu novo LP e encher de música a tarde de quem estava passando pelo Viaduto do Chá naquele dia.

Veja abaixo como foi:

Tags:, , , , , ,

25/10/2017

Jornalismo, música, astrologia, fotografia, vinil, tarot, direitos humanos, mitologias, fogueiras e a arte do bem-viver me interessam.
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes