O filho de Malcolm McLaren queimará R$26 milhões em objetos históricos do punk

16/03/2016

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: Reprodução

16/03/2016

Faz tempo que o punk não é mais o mesmo. Joe Corré, o filho de Malcolm McLaren e Vivienne Westwood, encontrou uma forma inusitada de mostrar sua indignação com as comemorações que estão acontecendo na Inglaterra em função dos 40 anos do movimento, como o evento Punk.London.

Joe Corré declarou que irá queimar em público a sua coleção de objetos icônicos do movimento punk avaliada em £5 milhões (aproximadamente R$26.772.750). Essa grande fogueira irá acontecer no bairro Camden, em Londres, no dia 26 de novembro, data que marca o 40º aniversário do lançamento do single “Anarchy in the U.K.”, do Sex Pistols. Essa foi a primeira música lançada pelo grupo que era empresariado por Malcolm McLaren.

*

“A Rainha dar a 2016, o Ano do Punk, a sua benção oficial é a coisa mais assustadora que eu já ouvi”, disse Joe Corré em comunicado à imprensa. “Isso é sobre a cultura punk e alternativa serem apropriadas pelo mainstream. Ao invés de um movimento por mudanças, o punk se tornou uma merda de uma peça de museu ou um ato de homenagens”, declarou.

Joe Corré não divulgou quais serão os objetos queimados, mas, a julgar pela foto divulgada, haverá muitos itens de vestuário:

Reprodução/The Guardian

Reprodução/The Guardian

Vale lembrar que o Sex Pistols nunca foi a mais política das bandas punks. Mas, depois que alguém teve coragem de lançar cartões de crédito da banda, Joe Corré parece estar certo em seu protesto:

Veja abaixo um vídeo raro do Sex Pistols tocando ao vivo na Suécia em 1977:

Tags:, , , , , ,

16/03/2016

Editor
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes