Afrobeat com tempero baiano: saiu o 1º EP do IFÁ

19/08/2015

Powered by WP Bannerize

Ariel Fagundes

Por: Ariel Fagundes

Fotos: Reprodução

19/08/2015

As sementes lançadas por Fela Kuti germinam cada vez mais frutos de norte a sul do Brasil. Já são muitos os grupos brasileiros que levantam a bandeira do afrobeat, mas o Ijexá Funk Afrobeat (IFÁ) é a primeira banda da Bahia a lançar um material autoral que investe fundo nesse universo.

Saiu hoje o primeiro EP do grupo, cuja capa foi feita por ninguém menos que Lemi Ghariokwu, artista responsável por 26 capas de discos do Fela Kuti.

*

– O conceito da arte da capa é Pan-africanista e Afrofuturista, contendo elementos profundos da tradição Yoruba e cultura africana. Os movimentos da dança celebratória sobre um Talking Drum e uma teia de arco-íris complementam o icônico índigo dos padrões Batiques com dois Sóis, pentes de cabelo afro, búzios e símbolos da divinação de IFÁ. As listras coloridas representam o encontro entre as culturas Nigeriana e Afro-Brasileira e o diálogo entre elas. Os círculos concêntricos simbolizam a vida como um ciclo contínuo – explicou Ghariokwu em texto publicado pela banda.

A história desta imagem começa antes da história da própria banda que ela representa. Desenhada pelo artista visual…

Posted by IFÁ Afrobeat on Quinta, 13 de agosto de 2015

O EP de estreia do I.F.Á também conta com a participação da cantora nigeriana Okwei Veronny Odili nos vocais de todas as suas faixas. A parceria dela com o grupo surgiu porque Obkwei veio até à Bahia fazer uma residência artística em Itaparica e queria tocar com músicos de Salvador. Sua visita ao Brasil coincidiu com o início do IFÁ e, quando eles se conheceram, a química da música os uniu rapidamente. O grupo mandou pra ela seus temas instrumentais e Odili criou seus vocais pouco antes de voltar à Nigéria.

O resultado dessa união você ouve abaixo:

Tags:, , , , , , , ,

19/08/2015

Editor
Ariel Fagundes

Ariel Fagundes