Senhoras e senhoras, chegou Spiritualized novo | Fabiano Liporoni

17/04/2012

The specified slider id does not exist.

Powered by WP Bannerize

Revista NOIZE

Por: Revista NOIZE

Fotos:

17/04/2012

_por Fabiano Liporoni

(Começar um texto se explicando é um das coisas mais tristes de todas, né? Mas vamos lá.)

*

Uma das (poucas?) coisas boas da idade é você ter boas histórias pra contar. Essa é uma delas.

Em 1988 – é tinha gente viva lá – eu um dia, pouco antes do Natal, fui a um show em Londres de uma das minhas bandas preferidas na época, o Spacemen 3. Tinha alguns discos deles e sabia o que esperar mas a experiência ao vivo não foi nada do que eu esperava, obrigado!

O show foi no Dingwalls, um lugarzinho pequeno, de teto baixo, com um palco que ficava não muito mais alto que o chão e por isso a distância minha com a banda era ínfima.

Começa o show e o “wall of sound” foi quase ensurdecedor. Muita guitarra, muita distorção e uma luz estroboscópica piscando muito rápido na cara de quem estava na plateia. Já na segunda música eu não sabia se estava sóbrio ou com vontade de vomitar ou tudo junto, mas sabia que aquilo era uma das melhores experiências da minha vida.

Quando acabou o show, atordoado, eu olho pros lados e vejo todo mundo meio que se sentindo igual a mim, fisicamente “modificado” por aqueles caras que entraram e saíram e não nos deram a menor bola, até tocando muitas das músicas totalmente de costas para a plateia.

Meu amor por eles só aumentou, fiquei por ali, bebi com os caras, peguei autógrafo e fui pra casa feliz.

O Spacemen 3 acabou e seu cabeça Jason Pierce (na época ele era J. Spacemen) formou o Spiritualized, a one man band que desde 1991 vem nos brindando com o que melhor se pode esperar de uma banda onde guitarras dão o tom das viagens proporcionadas.

Em 1997 eles lançaram o disco Ladies And Gentlemen We Are Floating In Space, um dos top 10 álbuns da minha vida, obrigatório, e pra quem não conhece, por favor, ouça.

Tudo isso pra dizer que essa semana saiu o novo disco do Spiritualized e que mais uma vez é uma pérola: músicas ensurdecedoras e viajantes ao mesmo tempo, parece que foi gravado numa igreja abandonada no meio do interior da Escócia por um bando de geniozinhos com um pé no espaço.

E pra coroar o lançamento do disco, mister Jason Pierce já lançou um clipe do primeiro single “Hey Jane”, uma porrada na cara (da sociedade) sem luvas de pelica nem nada. Estrelado por Tyra Sanchez, vencedora da segunda edição do melhor reality show americano Ru Paul’s Drag Race, o clipe conta a história de uma prostituta drag queen com 2 filhos para criar e tem um dos melhores finais de vídeo.

Na verdade é meio que um curta metragem, bem filmado e muito bem dirigido por AG Rojas, com uma vibe low life americana que se encaixa bastante à música. Assim sendo, veja o vídeo, baixe o disco, opa, compre o disco e faça como eu, torça pra que alguma alma caridosa traga finalmente o Spiritualized pra uns shows por aqui, porque de show de banda porcaria a gente já está de saco cheio.

@fabilipo é fazedor de filmes e tocador de músicas

Tags:,

17/04/2012

Revista NOIZE

Revista NOIZE